ONU avança com projeto de identificação única

ONU avança com projeto de identificação única

Um dos objetivos globais da ONU, cuja proposta atende pelo nome de Paz, está em até 2030, o compromisso de cada nação em identificar biometricamente cada homem, mulher e criança do planeta.

A base do controle de dados já está em operação, e se chama Plataforma Única de Serviços de Identidade, que tem como sede Genebra, na Suíça.

O sistema de gestão guardará os dados para possíveis rastreamentos.

No Brasil, o cadastro já está sendo feito, que começou através do cadastramento biométrico obrigatório para eleitores e se estenderá com o reconhecimento facial.

Os primeiros a receberem a identificação serão os cidadãos de Amapá, Alagoas, Sergipe e Distrito Federal.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui